CONTATE-NOS PELO WHATSAPP: 99512-9504

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Faleceu, aos 87 anos, o jornalista e escritor Álvaro de Moya


Notícia triste para quem curte quadrinhos.


Faleceu hoje, aos 87 anos, o jornalista, desenhista, ilustrador, escritor, diretor de cinema e televisão Álvaro de Moya. No dia 6 de agosto, ele teve um acidente vascular cerebral em sua casa, em São Paulo, ficou internado desde então, mas não resistiu.
Um dos pioneiros em atuar em prol dos quadrinhos no Brasil, ele foi um dos responsáveis pela organização da Primeira Exposição Internacional de Histórias em Quadrinhos, que aconteceu em São Paulo, no ano de 1951.
Ele trabalhou na linha Disney da Editora Abril, publicou adaptações de romances na Ebal, fez charges, ilustrações e matérias sobre quadrinhos para vários jornais, desenhou para livros infantis, foi professor na USP – Universidade de São Paulo, foi representante de autores internacionais no Brasil.
É autor de Shazam, O Mundo de Disney, História da História em Quadrinhos, Vapt Vupt, além de ter participado com artigos em diversos outros livros sobre o assunto. O mais recente, da Editora Criativo,  celebrava seus 70 anos de carreira e sua amizade com Will Eisner e foi lançado este mês: Eisner / Moya – Memórias de Dois Grandes Nomes da Arte Sequencial (formato 17 x 24 cm, 96 páginas, R$ 39,90).
Atencioso, sempre à disposição para um bate-papo, homem de grande cultura e artista multifacetado, ótimo contador de histórias, Álvaro de Moya era muito querido por seus pares.

Fonte.

Nenhum comentário: