CONTATE-NOS PELO WHATSAPP: 99512-9504

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

A Arquitetura portuguesa pelo traço do Lucio Costa

ÚLTIMA SEMANA PARA CONFERIR NA CAIXA CULTURAL !



O urbanista Lúcio Costa foi um grande fã da arquitetura portuguesa. Tanto que em 1952, ele viajou com sua família por todo o país, registrando suas casas, edifícios, igrejas e construções. Os desenhos, que preencheram algumas cadernetas, ficaram desaparecidos durante anos. O próprio Lúcio Costa faleceu em 1998, pensando o que o material havia se perdido. Depois de quase 50 anos de sumiço, em 2002, as filhas de Lucio encontraram este tesouro no alto de um armário. Ao todo, mais de 300 desenhos a lápis com registros da viagem, que agora, dez anos depois, são apresentados para o público carioca na Caixa Cultural. A exposição tem curadoria de Maria Elisa Costa, filha de Lúcio e de José Pessoa, que no ano passado refez o percurso em Portugal, e fotografou o que os croquis originais registraram.

 Lucio Costa (1902-1998) foi um dos protagonistas do Brasil no século XX. Como arquiteto e urbanista, ele ajudou a projetar a imagem moderna do país. Seu interesse pela arquitetura portuguesa começou em 1937, com sua participação no então chamado Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN), hoje Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Como funcionário atuante de 1937 a 1972 no instituto, contribuiu para o conhecimento e conservação da arquitetura do passado.

 A mostra “A Arquitetura Portuguesa no traço de Lúcio Costa” está em cartaz na Unidade Barroso da Caixa Cultural (Av. Almirante Barroso 25, Centro) até o dia 5 de agosto. O espaço cultural funciona de terça a domingo, de 10h às 21h com entrada franca.

Nenhum comentário: