CONTATE-NOS PELO WHATSAPP: 99512-9504

terça-feira, 27 de julho de 2010

Profissão: DESIGN GRÁFICO

É a criação de projetos gráficos para publicações, anúncios e vinhetas de TV e internet. O designer gráfico  desenvolve o visual de jornais, revistas, livros, panfletos, anúncios e outdoors, adequando-o às necessidades do cliente. Também cria logotipos e papelaria para firmas individuais, comerciais e industriais, com o objetivo de torná-los atrativos e facilitar a leitura. Escolhe as letras para os textos, define o tamanho das colunas de uma página impressa, seleciona e padroniza cores e ilustrações e projeta embalagens. Desse modo, torna a comunicação mais eficiente e agradável. Cuida da programação visual de marcas veiculadas em anúncios e campanhas, inclusive em espaços públicos onde a informação deve ser compreensível até para o público iletrado. No campo digital, elabora websites e CDs-ROM. Pode trabalhar em editoras, agências de design e de publicidade e birôs de computação gráfica e produtoras.

O mercado de trabalho

O mercado de trabalho para o profissional segue em crescimento. A figura do designer tem ganhado cada vez mais espaço por causa do surgimento de novas mídias e também pela necessidade de ampliação dos canais já existentes, como a publicidade, a internet, a telefonia celular e a mídia impressa. Nessas áreas, o graduado produz peças publicitárias e institucionais, cria identidade visual de produtos e empresas e trabalha como webdesigner ou editor de arte em revistas, jornais e sites. A maioria dos designers gráficos trabalha como autônomo, prestando serviço para empresas diversas, ou em pequenos escritórios de design. Grande parte das vagas ainda se concentra no eixo Rio-São Paulo, mas a expectativa é que cidades de médio porte, como Campinas (SP), e centros industriais fora das capitais elevem a demanda por esses profissionais nos próximos anos.

O curso

O currículo valoriza a formação prática em artes e comunicação visual e é composto de disciplinas como história da arte e do design, cinema, fundamentos da linguagem visual e fotografia. Há, ainda, aulas de tipografia, ergonomia, embalagem, marca e softwares de editoração. Vários cursos de Arquitetura e Urbanismo e de Desenho Industrial também preparam o profissional para atuar nessa área.


Fique de olho: Em algumas escolas, Design Gráfico é habilitação de Artes Visuais. Há instituições que oferecem a graduação em uma área específica, como marketing (ESPM-RJ e ESPM-RS), webdesign (FIP-MOC), animação digital (Univille) ou publicidade (Esamc Campinas). A obrigatoriedade do estágio e da apresentação de um trabalho de conclusão de curso depende de cada instituição.

Duração média: quatro anos.

Outros nomes: Artes Vis. (artes gráf.); Artes Vis. (design gráf.); Comun. Vis. Design; Design; Design (comun. vis. e ênf. emmkt.); Design (comun. vis. ênf. em mkt.); Design (comun.vis.); Design (design gráf.); Design (ênf. em meios dig.);Design (interface dig.); Design (prog. vis.); Design (web/gráf.); Design - anim. dig.; Design de Interface Dig.; DesignDig.; Design Publicitário.

O que você pode fazer

Editoração eletrônica Criar páginas de jornais, revistas, livros e folhetos, distribuindo o texto e as imagens de acordo com a linha editorial da publicação e as preferências dos leitores. Programação gráfica para TV Produzir vinhetas para emissoras e peças de publicidade. Webdesign Desenhar sites, interativos ou não, para a internet, considerando a melhor forma de transmitir a imagem, as informações e os serviços oferecidos pelos clientes.

Nenhum comentário: